Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Data: 29/06/2018 Hora: 16:03:50
Cerest de Itapeva participa de projeto de Saúde Ambiental do Trabalhador

Estudo visa prevenir o câncer, ao identificar os agrotóxicos utilizados por trabalhadores rurais

O Cerest de Itapeva está participando de um projeto de Saúde Ambiental do Trabalhador, que visa prevenir o câncer, ao identificar os principais agrotóxicos utilizados por trabalhadores rurais do Estado de São Paulo.

O estudo será realizado no Centro de Pesquisa em Oncologia Molecular do Hospital de Câncer de Barretos, em parceria com os Cerests de Itapeva, Bebedouro, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto e Presidente Prudente. O programa será financiado pelo Departamento de Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde.

Os trabalhadores rurais possuem longas jornadas de trabalho e estão expostos a diversos fatores ambientais, que podem aumentar o risco de desenvolvimento de doenças, como o câncer. Uma das causas é a exposição constante a agrotóxicos e radiação solar.

Diante da representatividade do agronegócio brasileiro no cenário da economia, responsável por considerável parte no PIB - Produto Interno Bruto, é essencial pensar na qualidade de vida e impactos na saúde, que são gerados nos trabalhadores deste setor.

Entre os objetivos específicos do projeto, destacam-se principalmente: exercer um papel educativo de prevenção ao câncer junto às comunidades participantes em parceria com o Cerest; aplicar um questionário com perguntas sobre os principais agrotóxicos que o trabalhador rural teve contato ou foi exposto e fazer uma avaliação ambiental dos principais agrotóxicos utilizados nas regiões do estudo.

 

.  

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro

Data: 29-06-2018 16:03:50